Acido Mandélico

4.50€

  • Preço sem Taxas: 3.66€
  • Modelo: acid-mand
  • Disponibilidade: 15

Opções disponíveis

Ácido Mandélico
- Activo Cosmético -
(INCI: Mandelic Acid)
   
O Ácido Mandélico é um alfa-hidroxiácido (AHA) derivado das amêndoas amargas e tem várias propriedades benéficas para a pele:
- À medida que uma pessoa envelhece, a renovação da pele diminui, fazendo com que ela perca elasticidade, alterações na cor e desenvolva linhas finas e rugas.
Esfoliantes químicos, como os AHAs, são ingredientes populares para cuidados com a pele que ajudam a soltar a camada superior das células da pele mais velhas. Estas substâncias podem melhorar a aparência geral da pele e reduzir os sinais visíveis de envelhecimento.

O Ácido Mandélico é utilizado em cosméticos principalmente no tratamento de imperfeições da pele, nomeadamente da hiperpigmentação. Diminui, também, a profundidade das rugas, dando à pele um aspecto mais jovem.
A sua acção anti-envelhecimento deve-se à sua atividade hidratante e esfoliante (que favorece a eliminação das camadas superficiais de queratinócitos da epiderme, que por sua vez ativa a regeneração dos chamados epitélios), e ao facto de favorecer a geração de colagénio e elastina.
Também ajuda a reduzir a produção de melanina e tem atividade antimicrobiana devido à sua característica ácida.  Por esta razão, também é usado para reduzir o aparecimento de acne.
A dose segura de uso deve estar entre 1 a 10% e pode ser combinado com outras substâncias como o ácido hialurónico, aloé ou óleo de rosa mosqueta, entre outros.

O ácido mandélico é normalmente descrito como um AHA suave, por isso pode ser adequado para pessoas com pele sensível ou para quem considere outros esfoliantes químicos fortes demais para a pele.
Quando comparada com outros AHAs, a molécula do ácido mandélico é considerada uma molécula grande, com cerca de duas vezes o tamanho da do ácido glicólico. O ácido mandélico também penetra na pele muito mais lentamente. Essa absorção lenta pode significar que ele seja menos irritante para a pele do que outros AHAs.

Potenciais benefícios:
- Esfoliação: O Ácido Mandélico é conhecido pelas suas propriedades esfoliantes. Remove suavemente as células mortas da superfície da pele, promovendo a renovação celular e revelando uma pele mais suave e brilhante.
- É suave na pele: Em comparação com outros AHAs, como o ácido  glicólico, o ácido mandélico tem maior tamanho molecular, o que o torna menos irritante e adequado para tipos de pele sensíveis. Causa menos vermelhidão, ardor e irritação, sendo uma escolha popular para pessoas com pele sensível ou reactiva.
- Efeitos anti-envelhecimento:  O Ácido Mandélico demonstrou ter benefícios anti-envelhecimento. Ajuda a reduzir o aparecimento de linhas finas e rugas, estimulando a produção de colagénio, o que melhora  a elasticidade e a firmeza da pele.
- Tratamento da hiperpigmentação: O Ácido Mandélico  é eficaz no tratamento de  várias formas de hiperpigmentação, incluindo manchas  da idade, manchas solares e hiperpigmentação pós-inflamatória. Inibe a produção de melanina e proporciona um tom de pele uniforme.
- Tratamento da acne:  O Ácido Mandélico tem propriedades antibacterianas que podem ajudar a combater as bactérias causadoras do acne. Pode penetrar nos poros e dissolver o excesso de sebo, reduzindo a ocorrência de comedões. Para além disso, as suas propriedades esfoliantes desobstruem os poros e reduzem o aparecimento de cicatrizes de acne.
- Clareamento da pele: Ao promover a  esfoliação e  reduzir a  pigmentação, o Ácido Mandélico pode ajudar a  iluminar a tez, dando à pele uma aparência mais radiante e uniforme.
- É adequado para vários tipos de pele: O Ácido Mandélico é geralmente bem tolerado por diferentes tipos de pele, incluindo peles secas, oleosas, mistas e sensíveis. No entanto, tal como acontece com qualquer ingrediente de cuidados da  pele, recomenda-se fazer um teste de contacto antes de aplicá-lo em todo o rosto para verificar se há reações adversas.

Os usos para o Ácido Mandélico incluem (mas não estão limitados a):
- Cuidados faciais
- Loções
- Cremes
- Cremes despigmentantes
- Peelings


USO: 1% a 10% (não mais).
O Ácido Mandélico é um pó solúvel em água e álcool. Funciona melhor quando adicionado à fase aquosa da fórmula.

Precauções: O Ácido Mandélico é considerado seguro para uso em cosméticos em concentrações de até 10%. No entanto, alguns indivíduos ainda podem experimentar efeitos colaterais ou riscos derivados ao seu uso.
O uso excessivo de ácido mandélico também pode causar irritação e erupções devido à esfoliação excessiva.
Deve evitar-se o contacto do ácido mandélico com os olhos, pois pode causar irritação ou danos. Lavar abundantemente com água, caso isso aconteça, e consultar um médico se os sintomas persistirem.
É sempre de considerar a realização de um teste de contacto antes de usar produtos com ácido mandélico pela primeira vez.

Deve interromper-se o uso se tiver alguma reacção adversa a um produto com ácido mandélico e consultar um profissional de saúde caso os sintomas persistam ou se agravem.
Com o tempo, o uso prolongado de ácido mandélico pode tornar a pele mais susceptível a queimaduras solares. Deve ter-se isso em mente e estar particularmente atento ao uso de protetor solar ou roupas de proteção nas zonas onde é usado.


Ficha de Dados de Segurança (FDS/MSDS) e Certificado de Análise (CA) fornecidos a pedido

Inserir Comentário

Inserir Comentário

Obs: HTML não é suportado!
    Fraco           Bom
Captcha